O CERTO e o ERRADO nas dietas para emagrecer

Tiane Brites 15 de outubro de 2010 0 3.287 visualizações   
O CERTO e o ERRADO nas dietas para emagrecer

Quando o assunto é dieta, quase sempre as nossas dúvidas são as mesmas. E os erros também, especialmente quando nos arriscamos a fazer regime sem acompanhamento nutricional.

Saiba agora o que é certo e o que é errado na hora de perder peso!

Frituras estão proibidas no cardápio. CERTO
Além de contribuírem para o surgimento de doenças cardiovasculares, aumento da pressão arterial e câncer, as frituras são altamente calóricas: 1 grama de gordura tem 9 calorias.

Posso comer frutas e saladas à vontade. ERRADO
Tudo o que você ingerir “à vontade” pode causar prejuízo. Por menos calórica que uma fruta seja, em excesso ela será capaz de te deixar com alguns quilinhos a mais, já que seu corpo armazenará o excedente sob a forma de gordura. Em relação às saladas, o perigo está nos molhos e nos acompanhamentos, muitas vezes repletos de calorias. Fique de olho!

Comer doce é proibido. ERRADO
Eliminar uma fonte de prazer pode ser devastador para sua dieta, já que você terá dificuldade de levar seu regime adiante. Se você não dispensa um docinho, não se preocupe. O segredo é evitar os excessos e optar por doces menos calóricos, como picolés de fruta e gelatina.

Comer de três em três horas ajuda a emagrecer. CERTO
Fazer cerca de seis refeições ao longo do dia acelera o metabolismo, o que ajuda a promover a perda de peso. Além disso, a distribuição dos alimentos em diferentes horários evita que você fique com fome e acabe exagerando na hora de fazer as principais refeições. Mas atenção: cada refeição pede uma escolha equilibrada e saudável.

Exercício físico é indispensável para perder peso. CERTO
Para emagrecer com saúde é essencial unir uma dieta equilibrada a exercícios físicos. Além de acelerar o metabolismo e queimar gordura, malhar garante bom humor, tonifica o corpo e confere energia para as tarefas diárias. Inclua atividades físicas na sua rotina. Pratique três vezes na semana por, pelo menos, meia hora. E vale tudo: caminhar, dançar, andar de bicicleta, nadar, jogar vôlei…

Fazer jejum emagrece. ERRADO
Pular refeições dificulta, e muito, a perda de peso. O corpo acaba armazenando energia demais e gastando menos. Sem contar que o organismo queimará não apenas a reserva adiposa, mas também a massa muscular, o que é extremamente prejudicial à saúde.

Substituir refeições por shakes dá certo. DEPENDE
Se o shake for menos calórico do que a sua refeição habitual, pode até funcionar. O problema é que ele não contém todos os nutrientes dos quais o organismo precisa e que são fornecidos em uma refeição convencional. Sem contar que ninguém consegue viver de shake por muito tempo. Se mesmo assim você quiser entrar nessa, substitua o jantar pelo shake, mas só às vezes (nunca por longos períodos).

Carboidratos devem ficar de fora da dieta. ERRADO
Dietas restritivas nunca dão certo. Em primeiro lugar porque ninguém consegue viver assim por muito tempo, e a conseqüência acaba sendo o efeito sanfona. Em segundo, porque o corpo precisa de nutrientes variados e eliminar essas fontes é prejudicial para o organismo. Mau humor, cansaço, alterações no sono e perda de massa muscular são as conseqüência de uma dieta sem carboidratos. O nutriente é essencial para fornecer energia. Dê preferência a pães integrais e massas acompanhadas por molhos saudáveis. Se você não resiste a uma boa pizza, escolha coberturas feitas com vegetais, como rúcula, escarola, brócolis, e queijos magros, como a ricota. E não exagere! Lembrando que a prática de evitar carboidratos à noite (defendida por quem deseja perder peso) é condenada por especialistas (a falta do nutriente no jantar pode desencadear fome compulsiva e hipoglicemia, especialmente se você faz exercício à noite).

As dietas da moda funcionam. ERRADO
Normalmente essas dietas eliminam o consumo de determinado grupo de alimentos e exageram na ingestão de outros. Justamente por serem restritivas, elas não funcionam, conforme explicamos aí em cima quando falamos sobre os carboidratos. Além disso, nessas dietas, a pessoa perde principalmente água e músculos, o que prejudica o bom funcionamento do organismo. Sem contar que esses regimes detonam o bom humor e causam crises de estresse, quando não comprometem gravemente a saúde.

FONTE: E-LINDA



Deixe sua opinião »

Plugin dos mesmos criadores deBrindes :: More at PlulzWordpress Plugins

Switch to our mobile site