A Saúde através das fezes: Saiba como identificar problemas

Tiane Brites 19 de julho de 2010 167 313.826 visualizações   
A Saúde através das fezes: Saiba como identificar problemas

“Pelas leis da natureza todo homem é um produtor e um consumidor, ou seja, se ele consome ele também produz” – Paul Theroux

Prestar atenção nas suas fezes pode ser tão útil quanto checar se está com febre ou com a pressão alta. Pelo cocô é possível descobrir alguns problemas da sua alimentação, da sua saúde, dos seus intestinos e até mesmo de seus níveis de stress e ansiedade.

No momento que o alimento entra na boca, o organismo inicia um processo ultracomplexo para transformá-lo em uma massa pastosa chamada “quimo”. A mastigação, a saliva, a peristalse (contrações involuntárias dos músculos gastrointestinais), as bactérias, o ácido clorídrico, as enzimas digestivas, a bile e outras secreções são responsáveis em transformar os diversos alimentos nessa massa com aparência de sopa de ervilha.

Enquanto acontece a absorção dos nutrientes ao longo do tubo digestivo, os “restos” continuam seu caminho em direção à saída. No intestino grosso as sobras se misturam com água e se forma o bolo fecal – o cocô. Que é constituído de água, fibra insolúvel, alimentos não digeridos (casca de milho e sementes), células mortas, bactérias vivas e mortas, secreções e bile. As células vermelhas mortas também são eliminadas pelas fezes e são as responsáveis pela coloração marrom.

Se o processo acontece como esperado o final é uma visita saudável ao banheiro. Cada pessoa possui suas particularidades quanto ao seu “hábito intestinal” com suas devidas variações de freqüência, horário, consistência, odor e cor. Mas há uma expectativa e um consenso de como os dito cujos devem se apresentar. As fezes devem ter uma consistência cilíndrica e firme, porém macias, serem “encorpadas”, variar de marrom a marrom claro e ter um cheiro característico, mas não fétido. E, devem “sair” sem muito sacrifício.

Nem sempre isso acontece. E vários tipos, formas, cores e odores de cocô podem aparecer:
- O cocô pode ser bem escuro, quase preto, quando sangue já seco de um possível sangramento interno está presente.

- Fezes com muco e com um sangramento mais intenso podem indicar uma alteração mais séria como hemorróidas, colite ou até mesmo câncer e é melhor procurar um médico.

- Dor ao fazer cocô também pode ser sinal de hemorróidas ou falta de fibras.

- Quando você toma muito vinho tinto as fezes também podem ficar bem escuras.

- Alimentos industrializados com corantes muito fortes e intensos podem deixar o cocô mais “colorido”. Assim como a beterraba deixa o cocô vermelho.

- Se o cocô está verde claro pode ser um sinal de excesso de açúcar, frutas e vegetais e uma falta de grãos ou sal.

- Fezes amareladas podem indicar uma infecção por um parasita chamado giárdia, que causa uma diarréia intensa e amarela.

- Quem come muitas folhas e verduras escuras faz cocô verde escuro. Cocô verde também pode ser causado por excesso de ferro na dieta, vindo de complementos alimentares, por exemplo.

- Fezes muito gordurosas são típicas de má absorção e se forem seguidas de muitos gases podem indicar uma má absorção de carboidratos.

- Com relação ao seu formato, cocôs tipo “lápis”: finos e compridos, podem indicar que alguma coisa interna está atrapalhando sua passagem ou que há um baixo consumo de fibras.

- Fezes amolecidas e pastosas e com pedaços de alimentos podem indicar uma intoxicação alimentar, intolerância a lactose, uso de antibióticos e antiácidos e até situações de muita ansiedade.

- Se suas fezes boiam isso signifca que ela tem maior concentração de fibras,então ela é saudável.

- Agora se ela afunda isso significa que ela tem maior concentração de gorduras,logo não é saudável.

- Se o cocô se parece com cocô de cabrito, em bolinhas pequenas e ressecadas, pode ser um sinal de intestino preso. As causas são geralmente falta de fibras, água e consumo em excesso de gordura, fast foods e alimentos industrializados.

- Se o cocô for muito fedido pode ser um sinal de desequilíbrio da flora intestinal (as bactérias saudáveis que moram no intestino e ajudam na digestão) ou um excesso de proteína animal que pode “putrefar”: apodrecer, dentro do intestino.

Alguns alimentos contêm compostos de enxofre, como o repolho e os puns podem ter um cheiro bem forte. Uma pessoa normal solta pum de 10 a 15 vezes durante o dia, mesmo que não os sinta.

Quando alguma coisa não vai bem certamente você vai sentir logo: dores, gases, cólicas, barriga inchada e uma sensação geral de desconforto são sintomas tanto de diarréia como de intestino preso.

Nosso organismo é a máquina mais perfeita que existe e, quando pede uma coisa deve ser atendido. O organismo vai se acostumando com as “negações” e “esperas” e depois de um tempo começa a falhar, causando problemas mais sérios. Portanto, se vier aquela vontade sobrenatural de fazer cocô, pare o que estiver fazendo e atenda seu intestino.

Teste se o seu cocô é saudável:
Ele bóia?
Afundam ( ) 1
Bóiam ( ) 2

Com que frequência você faz cocô?
Uma vez por dia ou dia sim, dia não ( ) 1
A cada 2 ou 3 dias ( ) 2

Qual a consistência?
Macia ( ) 1
Dura ( ) 2

Qual a cor do seu cocô?
Amarelo ( ) 1
Marrom ( ) 2

Como é o cheiro?
Muito fedido ( ) 2
Cheiro de cocô ( ) 1

Qual é o formato?
Tipo cabrito ( ) 2
Pastosa ( ) 1
Tipo banana ( ) 1
Líquidas ( ) 2

Resultados:
6 a 8 pontos – você parece bem saudável
9-10 pontos – Preste mais atenção. Aumente o consumo de frutas e vegetais
11-12 pontos – Cuidado! Talvez seja interessante procurar um médico ou nutricionista.


FONTE: Revista TRIP



167 Comentários »

  1. Carlos Filho 19 de maio de 2013 at 13:47 - Reply

    AGORA CAGO TRANQUILO….

  2. Eliana Costa 27 de maio de 2013 at 13:39 - Reply

    Ótimo post!! Obg^^

  3. Tereza 30 de maio de 2013 at 21:46 - Reply

    Gostei, muito esclarecedor!!!!

  4. Rogerio Mendes Da S Mendes 8 de junho de 2013 at 0:09 - Reply

    essas dicas são maravilhosas obrigado valeu

  5. Margareth Tavares Leal 8 de junho de 2013 at 2:18 - Reply

    tirou muitas duvidas. gostei.

  6. Fatima Silva Guilherme 9 de junho de 2013 at 0:21 - Reply

    achei interessante galera! as vezes a gente acha fútil mas é um pré diagnostico!!

  7. Sabrina Weitz 9 de junho de 2013 at 19:50 - Reply

    muito obrigado , adorei o teste rs]

  8. Luciano Hatamoto 12 de junho de 2013 at 16:01 - Reply

    o que vc tem no seu coco porra

  9. Steve Moder 20 de junho de 2013 at 8:50 - Reply

    legal

  10. Mary Anjos 21 de junho de 2013 at 20:55 - Reply

    Interessante.

  11. Cristina Nogueira 22 de junho de 2013 at 0:24 - Reply

    Nossa sempre tive curiosidade em saber isso!!!!!! Sempre achei q era a densidade! Valeu otima matéria!!!!!!!!!!!!

  12. Jane Barbieri 26 de junho de 2013 at 12:31 - Reply

    valeu muito a orientação , OBRIGADA.

  13. Jorge Antunes 26 de junho de 2013 at 13:42 - Reply

    Fica difícil ler o texto e não associar seu conteúdo ao Congresso Nacional. Todos os tipos de um se encaixam nos tipos do outro.

  14. Lidiane Santana 30 de junho de 2013 at 20:06 - Reply

    Super interessante!

  15. Rafael Maluks 7 de julho de 2013 at 13:39 - Reply

    Agora estou mais tranquilo…. achei que esta sofrendo alguma mutação…kkkk vlw

  16. Sonia Rodrigues 24 de julho de 2013 at 8:13 - Reply

    Meu cunhado, morreu ontem por nao prestar atençao nas suas fezes e o modo como ia ao banheiro.O cancer intestinal foi traiçoeiro e subiu pro pulmao,figado e os ossos.Descobriu tarde depois de muito sangrar achando ter hemorróida.

    • Ewerton 8 de janeiro de 2014 at 11:59 - Reply

      Sonia, sinto muito pelo teu cunhado. :(

  17. Alexandre Do Nascimento de Souza 3 de agosto de 2013 at 16:57 - Reply

    ai! que susto sua resposta me ajudou muito obrigada

  18. Ana Cris Santos 9 de agosto de 2013 at 14:08 - Reply

    Obrigado, foi uma ideia muito boa, me ajudou muito!!

  19. wirlla 14 de agosto de 2013 at 11:00 - Reply

    muito bom!!!!

  20. António Gaspar 16 de agosto de 2013 at 15:35 - Reply

    Fiquei mais esclarecido para fazer uma alimentação mais saudável.Obrigado

  21. Rosaria Carvalho 17 de agosto de 2013 at 11:01 - Reply

    vamos nos cuidar

  22. Edson Romeno 25 de agosto de 2013 at 19:33 - Reply

    Muito legal essas dicas de saúde, a cor da merda da gente é um sinal se algo esta errado ou não, é lógicamente tem tudo a ver..

  23. Hilda Poli 30 de agosto de 2013 at 10:02 - Reply

    parabéns pela matéria!!!

  24. Ziza Matias 8 de setembro de 2013 at 16:18 - Reply

    Gostei tirei todas as minhas duvidas.
    Teste muito bom.

  25. Fausto Ribeiro 13 de setembro de 2013 at 11:58 - Reply

    Já é a terceira vez que sai nas minhas fezes um negócio que fica boiando branco e cilíndrico de mais ou menos 1 cm de diâmetro e 2,5cm de tamanho. Sempre é desse tamanho. Dessa última vez eu colhi e guardei num potinho pra fazer análise. Estou preocupado. Alguém poderia me dizer o que seria isso?

    • Bellys 31 de outubro de 2013 at 11:46 - Reply

      possivelmente é uma ver me, vc pode estar infestado, procure um medico…

  26. Beatriz Bittencourt 17 de setembro de 2013 at 16:53 - Reply

    muito interessante….

  27. Elizandra Lourenção 26 de setembro de 2013 at 10:54 - Reply

    Muito bom, me ajudou bastante!!!

  28. Izabel Meireles 3 de outubro de 2013 at 16:07 - Reply

    Obrigada.Tirei minhas dúvidas.

  29. Daniel 8 de outubro de 2013 at 13:49 - Reply

    eu achei interessante, mais fiquei com duvidas, ex:se o coco tem dia que afunda tem dia que boia, tem vezes que é preto tem vez que é amarelo tem vez que é pastoso tem vez que é duro, tem vez que sai ralo e daí?

  30. Lucia 8 de outubro de 2013 at 17:23 - Reply

    Adorei, me tirou todas as dúvidas. A partir de agora vou me dedicar mais a minha alimentação, pois somos o que comemos.

  31. Vania Liria Costa 21 de outubro de 2013 at 10:23 - Reply

    Aprender é muito bom, melhor qdo diz respeito a nossa saúde.

  32. Iara Chamas 21 de outubro de 2013 at 19:19 - Reply

    Em um filme sobre o Imperador da China mostra que ele tinha o médico do cocô.

  33. Janice Batista 22 de outubro de 2013 at 2:28 - Reply

    muito interessante, esclarecedor, gostei

  34. Márcia Moreira Da Silva Gorayeb 7 de novembro de 2013 at 1:38 - Reply

    nossa nunca t
    inha pensado nisto…..legal e obrigada pelas dicas.

  35. bolachinha 9 de novembro de 2013 at 14:41 - Reply

    quando faço coco sai ate lagrima do meu olho de tao seco! ;(

    • Ewerton 8 de janeiro de 2014 at 12:02 - Reply

      Nossa! Você deve sofrer… Siga as recomendações desta página… Coma melhor!

  36. José Sérgio Góes 12 de novembro de 2013 at 16:51 - Reply

    Aprendi muito o cocô, sei que agora posso cagar mais tranquilo sabendo pre-diagnosticar problemas da saude o trato intestinal. Boa Cagada a Todos.

  37. ramon 2 de dezembro de 2013 at 14:58 - Reply

    gostei muito da informação, tem certos assuntos que o ser humano não da atenção para melhorar a sua saúde.

  38. Lara 8 de dezembro de 2013 at 22:28 - Reply

    Muito obrigada pela matéria!!! Me aliviou bastante e me fez voltar a comer frutas sempre… Muito muito obrigada! Bjo

  39. Alexandre 6 de janeiro de 2014 at 1:07 - Reply

    EXCELENTE

  40. Cheila Francett 6 de janeiro de 2014 at 7:09 - Reply

    Obrigado, já estou fazendo exames…

  41. Geni 30 de janeiro de 2014 at 11:25 - Reply

    O que seria da entrada se não fosse a saída?

  42. Walter De Azevedo Curi 5 de fevereiro de 2014 at 13:52 - Reply

    Gostei demais do artigo mas achei o teste meio incoerente, para um leigo como eu diga-se de passagem, se fezes saudáveis bóiam, boiar deveria ter menos pontuação. Se a cor marrom é a melhor cor, também deveria ter a menor pontuação.
    Desculpe se foi burrice

  43. Walter De Azevedo Curi 5 de fevereiro de 2014 at 13:55 - Reply

    Aliás adorei falar sobre, além de fazer muita!

  44. Alexandra Corrêa 8 de fevereiro de 2014 at 21:15 - Reply

    O assuto é muito importante para o trabalho que realiso, que bom que alguem publicou esse assunto.Valeu e aloha.

  45. Maria Silva 22 de março de 2014 at 0:26 - Reply

    de manhã as minhas fezes boia e a noite afunda isso quando faço duas vezes ao dia qual devo marca rs…..

  46. Claudete Capuzzo 30 de março de 2014 at 22:32 - Reply

    muito interessante pequenos detalhe que não damos importância

  47. Inalde Smaniotto 31 de março de 2014 at 13:27 - Reply

    valeu obrigado !!!!!vou ficar mas atenta vivo com enjoo Bom Dia!!!!

  48. Eder Silv Rodrig 12 de abril de 2014 at 16:06 - Reply

    Q legal tem algem que penca grande?

Deixe sua opinião »

Plugin dos mesmos criadores deBrindes :: More at PlulzWordpress Plugins

Switch to our mobile site